Mostrar/Ocultar menu

Medalha Milagrosa

João Paulo II e a Capela

Ó Maria, concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós. Eis a oração que inspiraste, ó Maria, a santa Catarina Labouré,

Neste mesmo lugar, há cento e cinqüenta anos; e essa invocação, de ora em diante gravada na Medalha, é agora usada e pronunciada por tantos fiéis no mundo inteiro! (...)

És bendita entre todas as mulheres!
Foste associada intimamente à obra de nossa Redenção,
Associada à Cruz de nosso Salvador;
Teu coração foi transpassado, ao lado de seu coração.
E agora, na glória de Teu Filho,
Não cessas de interceder por nós, pobres pecadores.

Proteges a Igreja da qual és Mãe. Velas sobre cada um de teus filhos.
Obténs de Deus, para nós,
Todas estas graças simbolizadas pelos raios de luz
Que irradiam de tuas mãos abertas,
A única condição de que ousemos pedi-las a Ti,
Que nos aproximemos de Ti
Com confiança, com audácia, com a simplicidade de uma criança.

É assim que sem cessar, nos conduzes a Teu divino Filho.

João Paulo II (1980)