Província é Convidada a participar de Congresso MNPR

Social • 17/06/2014

Província de Curitiba foi convidada a participa do II Congresso do Movimento Nacional da População em Situação de Rua- MNPR

A Província de Curitiba foi representada no II Congresso do Movimento Nacional da População em Situação de Rua pela Assistente Social Eliane Silvério Betiato, que atualmente realiza atendimento social à população em situação de rua que acessa o Serviço ofertado pela Casa de Acolhida São José.

O Congresso, que teve como tema “O Direito a Ter Direitos”, aconteceu entre os dias 28 a 31 de maio na Associação Banestado, no Balneário de Praia de Leste, município de Pontal do Paraná.

O evento foi promovido pelo Movimento Nacional da População de Rua – MNPR e contou com o apoio do Ministério da Saúde. Entre os participantes destacamos a presença da população em situação de rua vinda de diversas regiões do Brasil bem como de representantes de várias entidades governamentais e não governamentais, que apoiam a luta e as reinvindicações do Movimento. Entre elas destacam-se os Ministério da Saúde e do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), a Secretaria Nacional de Direitos Humanos ligada à Presidência da República, Secretaria da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos do Paraná (SEJU PR), Fundação de Ação Social (FAS), Pastoral Nacional da Povo da Rua, Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis e Conselho Regional de Serviço Social do Paraná- CRESS/PR 11° Região. Também marcou presença no evento, parlamentar municipal de Curitiba e representante da Comissão de Direitos Humanos da ALEP. Bem como diversos outros representantes do poder publico e da sociedade civil comprometida com a luta da população em situação de rua, a exemplo da Província de Curitiba.

O evento teve como objetivo principal, a definição de um plano de lutas para o período de 2014 a 2016 e o fortalecimento político organizativo do Movimento. A estimativa de publico era receber cerca 250 participantes, entre estes delegados, convidados de Entidades Apoiadoras e autoridades.

De acordo com a avaliação da Assistente Social Eliane, a capacidade politico organizativa do MNPR pode ser observada no Congresso, tendo em vista a mobilização feita para atrair garantir a presença de autoridades das três esferas de governo. Eliane conclui, “a participação no Congresso proporcionou uma maior elucidação de quanto à trajetória de luta do MNPR tem contribuído para um novo olhar e possibilidades diante das diversas violações de direito que ocorrem cotidianamente com a população em situação de rua”.

Oportunamente, parabenizamos o MNPR e todas as pessoas que por acreditarem na defesa da vida e na luta em prol de uma nova ordem societária, contribuíram na realização do II Congresso Nacional da População de Rua.

Texto elaborado pelas Assistentes Sociais: Eliane Betiato e Renária Moura