Celebrações de São Vicente nas Escolas Vicentinas

Educação • 04/10/2016

A festa de São Vicente de Paulo, celebrada anualmente no dia 27 de setembro, é uma das datas mais significativas para as Instituições Educacionais Vicentinas. Além de Fundador da Companhia das Filhas da Caridade, da qual a Educação Vicentina recebe suas intuições de carisma, história e missão, Vicente de Paulo (França, 1581-1660) é o inspirador de muitos outros organismos e iniciativas voltados, de modo especial, para o testemunho e a organização da caridade solidária.

A vida e obra de Vicente de Paulo permanecem atuais à medida em que nos permitem identificar em nossa realidade os meus apelos que  o sensibilizaram e o moveram em sua época. Sabemos que no centro de nossa ação vicentina está um princípio de fé que nos impulsiona a amar e servir o próximo, especialmente os/as empobrecidos/as, tal como Jesus o fez. Nas palavras de nosso Fundador, isso corresponde ao serviço corporal e espiritual. A caridade afetiva e efetiva que aprendemos de Vicente nos permitem ser hoje, em nosso tempo e contexto sociocultural, uma presença que transmita a bondade e o cuidado de Deus em todos os espaços em que atuamos.

A Pastoral Escolar Vicentina tem um apreço particular em organizar, dinamizar e participar das celebrações alusivas a este dia. Junto com toda a Comunidade Educativa, os/as pastoralistas procuram traduzir em arte, símbolos, ritos e ritmos, preces e louvores, ações de solidariedade e vivências o significado deste dia festivo. Em sintonia com o projeto pedagógico-pastoral deste ano de 2016, contemplamos em Vicente de Paulo um exemplo de "Fazer o Bem! Fazer Bem!". Partilhamos, na sequência, algumas imagens das festividades de São Vicente nas Instituições Educacionais Vicentinas.

QUEM FOI VICENTE DE PAULO:

Vicente de Paulo era filho de lavradores, nascido na cidade de Poy, sul da França no ano de 1581. Ainda muito jovem, com apenas 19 anos se torna padre. Como muitos de seu tempo, viu na carreira eclesiástica uma forma de ajudar sua família a superar a pobreza em que viviam. Contudo, as experiências de seu ministério, particularmente na proximidade de vida e de coração com os mais pobres, converteram radicalmente as motivações e as opções de sua missão. Homem de ação, detentor de uma aguçada capacidade de organização e mobilização, usou destes dons para articular uma grande rede de iniciativas voltadas à caridade, compreendida como o serviço corporal e espiritual aos pobres. Para essa finalidade, funda as Confrarias da Caridade (1617), a Congregação da Missão, também conhecidos como Padres Lazaristas (1625) e a Companhia das Filhas da Caridade (1633), em cooperação com Luísa de Marillac. É reconhecido na Igreja como o patrono de todas as obras de caridade.

 

ORAÇÃO

Amoroso Deus, receba nosso louvor pela vida e missão de São Vicente de Paulo.

Que o seu compromisso com a vida, especialmente dos mais pobres, nos anime

e nos inspire em nossa tarefa de viver e testemunhar o Reino hoje.

Isso Te pedimos por Jesus de Nazaré, Teu Filho e nosso irmão. Amém!